O que são Pingbacks e Trackbacks?

O que são Pingbacks e Trackbacks?

16-04-2019 On Por Sinesio Bittencourt

Pingback é um dos métodos de linkback que permite notificar quem acessa algum documento no WordPress. Já o trackback é semelhante ao Pingback, mas sem a verificação de links na página. Sendo bem realizados, podem usar a linkagem interna como um fator positivo para melhorar o SEO da página. Saiba mais a seguir!

No caso do WordPress, a documentação é um pouco confusa sobre a diferença entre pingbacks e trackbacksOs termos e trackbacks são usados quase como sinônimos, e são praticamente a mesma coisa superficialmente. No entanto, eles utilizam tecnologias diferentes e se foram criados para propósitos diferentes, e, atualmente, estão se tornando mais e mais interligados.

No artigo a seguir, você vai conhecer mais sobre esses dois termos e vai descobrir como cada um deles é útil no contexto da blogosfera.

Boa leitura! =)

O que eles são?

Essencialmente, ambos são formas de notificações ou comunicações entre blogs.

Por exemplo, se eu escrever uma postagem de blog e linkar essa postagem à outra postagem de outro site, um trecho da minha postagem contendo o link aparecerá nesse outro site na seção Comentários, junto com um link para minha postagem.

Como os pingbacks são tratados por meio de comentários, o blogueiro moderar essa informação como qualquer outro comentário. Assim, ele poderá ver que eu fiz referência ao blog dele e, se ele aprovar o comentário, eu agora tenho um link do site deles para o meu. Isso é um pingback.

No caso do WordPress, a documentação é um pouco confusa sobre a diferença entre pingbacks e trackbacks, o que leva a crer que os dois conceitos estão sendo, pouco a pouco, consolidados sob o nome de “pingback”. Tanto é assim que no painel WordPress eles são exibidos como “pingbacks”, mas serão exibidos de acordo com a descrição de trackbacks do WP, ou seja, como um trecho editável em seus comentários.

Em uma definição mais tradicional, podemos dizer que o trackback é uma versão mais antiquada do conceito de pingback que explicamos anteriormente. Ou seja, ele não verifica os links na página indicada no post automaticamente, é preciso informar os links manualmente.

Importância de pingbacks e trackbacks

Os trackbacks podem ser usados estrategicamente para:

1) direcionar mais tráfego para seu site;
2) ganhe atenção de um blogueiro específico;
3) participar de conversas da blogosfera.

E a maior vantagem desses recursos é que são simples de serem usados. Tudo que você precisa fazer é escrever uma postagem no blog que inclua um link para uma postagem de outro blogueiro.

A questão é que esse blogueiro precisa ter os pingbacks ativados. Caso contrário, seu link não será publicado nos comentários dele. A maioria dos blogueiros já tem isso ativado, mas você pode ter certeza disso simplesmente olhando os comentários dos seus posts dele e vendo se há algum.

Complementando a discussão

Supondo que o blogueiro considere que seu pingback é valioso, e não spam, um link para sua postagem aparece nos comentários dele. Seu blog agora está exposto a um público totalmente novo e há um nível de validação, já que o blogueiro precisa aprovar seu pingback.

Mesmo que um blogueiro não tenha pingbacks ativados em seu site, a vinculação a outro blog ainda pode fazer com que você seja notado por esse blogueiro, já que ele provavelmente verá seu link de entrada em seu painel do WordPress (ou outras plataformas de gerenciamento de conteúdo).

É importante que isso tem que ser feito de maneira autêntica e natural. Se você tentar forçar um pingback, será óbvio, seu comentário não será aceito e você prejudicará sua reputação. Portanto, use esse método apenas quando tiver algo a dizer. Talvez você leia um artigo de opinião de um blogueiro e queira apresentar sua própria opinião sobre o assunto, ou desenvolver ainda mais a discussão.

E aí, gostou do nosso artigo? Então veja também:

Este artigo foi escrito pelo Sinesio Bittencourt, Technology Evangelist da HostGator.